Aromas e sons que acalmam

Descubra como alguns sons e cheiros podem acalmar e estimular os sentidos do seu bebê

Danone-Baby_Aromas-e-sons-1-454x282

Cantigas para dormir, o aroma da primeira comidinha, a voz e o cheiro da mãe. Pode acreditar, tudo isso vai ficar na memória do seu pequeno e acompanhá-lo até a vida adulta. E isso não é à toa. É consenso entre os especialistas que os estímulos aos sentidos do bebê criam um laço afetivo entre mãe e filho. É por isso que, quando ele crescer, os mesmos cheiros e melodias da infância vão trazer uma sensação de segurança e bem-estar.

Para ajudar você a tornar essa experiência mais valiosa, conversamos com alguns especialistas que explicaram como os sons e aromas aproximam pais e filhos e quais deles ajudam a acalmar o bebê.

Acalantos de mãe

Os sons que mais tranquilizam o bebê não são músicas calmas ou qualquer outro instrumento, mas aqueles que vêm da mãe, desde a gestação. A musicoterapeuta Sabrina de Souza Macedo explica que “ainda não existem estudos comprovados, mas sabe-se que os sons provenientes do período gestacional, como os de fluidos e batimentos cardíacos, causam no recém-nascido uma sensação de bem-estar, já que relembram a vivência dele em um ambiente seguro e confortável”.

Também é fundamental que você cante para o seu bebê ou converse com ele desde o comecinho. Depois que ele nascer, experimente repetir os mesmos sons que você cantarolava na gravidez. A musicoterapeuta explica que isso irá trazer uma sensação de aconchego e boas lembranças ao seu pequeno.

Ela ainda ressalta que “cada criança é única, e cabe à mãe perceber quais sons ou músicas provocam alguma reação positiva ou negativa no bebê. Há uma grande oferta de músicas infantis no mercado, e não há como negar sua eficácia em determinados momentos, mas devemos nos atentar para que esses produtos não substituam o calor do acalanto e do vínculo materno”.

Danone-Baby_Aromas-e-sons-2-454x282

Cheirinhos da infância

Com o olfato do bebê não é diferente. O primeiro cheiro que o recém-nascido identifica é o da mãe e ela, por si só, já pode proporcionar esta sensação de aconchego. Não é de se estranhar que os aromas calmantes estão muito associados à infância. “Quando pedimos para que pessoas em fase adulta fechem os olhos e tentem se lembrar de algum cheiro, muitas dizem que se lembram do cheiro do colo da mãe ou do cheiro de leite”, explica a aromaterapeuta Solange Lima.

A aromaterapia também pode ser uma ótima opção para acalmar seu bebê. Existem alguns cheirinhos específicos que você pode, desde cedo, associar a uma sensação de bem-estar. “Os óleos mais indicados para bebês de 0 a 3 anos são os de lavanda, laranja-doce e camomila”, indica Sandra Spiri presidente da ABRAROMA – Associação Brasileira de Aromaterapia.

Devem-se usar sempre os óleos essenciais em concentração mínima de 0.5% a 1%, e você pode optar por sprays para borrifar no quarto ou ainda para preparar o banho do bebê. Sandra dá uma última orientação importante para as mamães: “Os óleos essenciais podem ter algumas contraindicações, por exemplo, para bebês com alergias ou algum problema respiratório e de pele, por isso, é essencial o acompanhamento e orientação de um profissional especializado”.

Fonte: http://www.danonebaby.com.br/curtindo-o-seu-bebe/aromas-e-sons-que-acalmam/
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s