Mitos sobre pais que ficam em casa

Estudo mostra que 1 em cada 5 pais americanos escolhem ficar em casa cuidando dos filhos

shutterstock_140072458

Um novo estudo publicado nos Estados Unidos mostra que o número de pais que ficam em casa cuidando dos filhos passou de meio milhão. Porém, foi verificado dois grupos entre esses pais: o primeiro de homens que não escolheram ficar em casa com o objetivo de ficar com as crianças, mas ficam por estarem doentes, desempregados ou com alguma deficiência. E no outro grupo, dos que escolheram esse estilo de vida, eram homens mais jovens que já representam 1 em cada 5 pais americanos.

Apesar de não haver no Brasil uma estatística que mostre quantos homens optam por ficar em casa enquanto suas esposas trabalham, é fato que hoje os pais estão mais próximos e participativos no dia a dia dos filhos, e adoram poder cuidar das crianças. Por isso, vale derrubar alguns mitos sobre eles:

MITO 1
Pais não são biologicamente preparados para cuidar de crianças
Sim, existem pessoas, sejam homens ou mulheres, que não têm nenhuma habilidade para cuidar de um bebê. Mas isso pode mudar por dois motivos. Em primeiro lugar, os indivíduos são diferentes uns dos outros. Em segundo, o homem pode aprender a cuidar do próprio filho, coisa que só acontece durante a convivência diária entre eles. Hoje em dia os pais têm a mesma opção que as mulheres: de largar o emprego para ficar com os filhos, e muitos, depois de passar por essa experiência se tornam mais seletivos para voltar a trabalhar.

MITO 2
Crianças criadas por homens têm mais problemas de saúde e desenvolvimento
Muitos estudos mostram os benefícios vividos por crianças cuidadas por homens. Um deles diz que o envolvimento dos pais facilita o aprendizado da criança durante a fase escolar e, inclusive, melhora a capacidade de se relacionar na adolescência. Outra pesquisa revela que existem poucas diferenças no desenvolvimento das crianças que são cuidadas apenas por mães solteiras ou por pais solteiros, por exemplo. Estar no mesmo páreo que as mulheres já é mais uma conquista desse pai que fica em casa. Há ainda um estudo que mostrou que crianças que contam com a companhia de um dos pais no dia a dia têm mais facilidade no desenvolvimento racional e emocional.

MITO 3
A razão para um pai ficar em casa é apenas uma escolha financeira
Normalmente, a decisão da troca de papéis acontece, sim, por questões financeiras, mas vão muito além. Com a oportunidade de cuidar do seu filho em casa, os homens se envolvem com os prazeres e dificuldades do dia a dia de uma criança e se sentem culpados, assim como as mulheres, quando têm que quebrar esse vínculo. Um estudo mostrou ainda que os pais que escolhem ficar em casa decidem largar o emprego porque sabem que as esposas têm um salário que sustente a família, e alguns trabalham de casa.

Fonte: http://revistacrescer.globo.com/Familia/Novas-familias/noticia/2013/10/mitos-sobre-pais-que-ficam-em-casa.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s