Dicas para montar o enxoval do bebê

É natural que a mamãe de primeira viagem queira comprar tudo o que achar conveniente para o enxoval do bebê. Antes disso, ela quer caprichar na escolha a fim de não faltar absolutamente nada durante os primeiros anos do filho. Acima de tudo, ter um filho significa gastar muito e, devido a isso, é necessário economizar onde for possível.
Pensando nisso, selecionamos algumas dicas que podem ajuda-la a economizar e ainda garantir que não faltará nada no enxoval do bebê. Confira abaixo:

Gastos na hora certa: você acabou de descobrir que está grávida e sempre fica de olho nas vitrines a fim de encontrar alguma coisa que possa acrescentar ao enxoval, porém o recomendado é que faça as compras mais pesadas entre o quarto e o sexto mês, pois é o período que a gestante está mais disposta a visitar lojas especializadas. Durante esta fase, a futura mamãe já descobriu o sexo do bebê e, provavelmente, já saiba o que é conveniente comprar.

Chá de bebê: realizar o chá de bebê pode ser uma boa opção para complementar o enxoval da criança. Faça uma lista dos itens que precisa para complementar o enxoval, de preferência com a quantidade necessária. Assim você evita ganhar presentes repetidos.

Cuidado com as roupas: escolher as roupinhas do bebê pode ser uma tarefa difícil, porém lembre-se que os primeiros meses é uma fase delicada para a criança. Descarte roupas com zíperes e botões, pois podem machucar de alguma forma. Opte por sapatinhos de tecido malevável para facilitar o movimento e crescimento correto dos pés.

roupinhas-de-bebe

Preste atenção no clima: se o nascimento do bebê está previsto para o inverno, opte por roupas feitas de flanela, plush, moletom e veludo de algodão. Caso contrário, se o bebê nascer no verão, opte por roupas feitas em algodão e de linha.

Coberta para enrolar: mais leve do que um cobertor, a coberta para enrolar é uma boa opção para os recém-nascidos, principalmente em um passeio ou no colo da mãe. Escolha uma de linha para os dias mais quentes e outra de lã antialérgica ou de soft para o frio. Cores neutras combinam com tudo.

cobertor-de-bebe

Tecnologia de mais: aparelhos tecnológicos não são cruciais, por isso, peça recomendação de mães que já passaram por esta fase e veja se realmente vale a pena adquiri-los.

Conheça o produto: é recomendável comprar fraldas em grande quantidade quando você conhece o produto. O mesmo vale para outros produtos de bebê. Seja racional.

Praticidade na escolha das roupas: antes de você comprar alguma peça para o bebê, pense na praticidade de usá-lo por mais tempo. Por exemplo, macacões ou calças sem pés (ou com pés que “abrem e fecham”) podem ser usados por um longo tempo, mesmo se a criança crescer muito nos primeiros meses. Bodies de malha baratinhos costumam deformar na primeira lavagem e acabam dando prejuízo.

enxoval-do-bebe

Vá por etapas: comece comprando o básico até o bebê crescer para avaliar o que será necessário ao longo dos meses. Não adianta comprar muitos casaquinhos para depois não usá-los com as mudanças climáticas, o mesmo vale para as fraldas: não compre grandes quantidades nos primeiros meses, pois o bebê cresce e costumam não servir ao longo dos meses.

Fonte: http://emmafiorezi.com.br/blog/?p=6914

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s