Dicas para fotografar o parto corretamente

Então, o grande dia chegou?! O bebê tão esperado está para nascer e você não quer perder este momento único e emocionante. Vale a pena fotografar cada instante.

Antes de tudo

Com antecedência, deixe claro para a pessoa escolhida a tirar as fotos, tudo o que imagina ser relevante para o registro.

Detalhes importantes:

  • Esta pessoa não pode ter medo ou nojo de sangue, pois não conseguirá se concentrar para captar com precisão os melhores momentos.
  • O equipamento usado precisa ser adequado (já deve estar com a bateria carregada e cartão de memória zerado). A pessoa a utilizá-lo precisa saber manuseá-lo. Isto garantirá qualidade, foco, nitidez e uma cor fiel para cada cena.
  • Se for o próprio pai a fazer o trabalho, ele precisa tomar cuidado com a emoção, pois ela pode acabar perdendo as imagens que todos estarão ansiosos para ver posteriormente.

Foto: Umbigofoto

Usar Flash ou Não?

A recomendação é evitar o flash. Principalmente se o parto escolhido for o humanizado. Neste tipo de parto, geralmente, toda a equipe tem o cuidado de deixar a mãe bem relaxada e concentrada, além de falar o mais baixo possível e manter as luzes baixas. O uso do flash, neste tipo de situação, pode atrapalhar o processo do nascimento.

Em outros tipos de partos, onde as luzes altas são praticamente normais na sala, também é desaconselhável usar o flash. A luz do ambiente será mais do que o suficiente. No caso de cesárea, o flash poderá atrapalhar não a mãe, mas sim os médicos que estão a fazer o parto.

O que fotografar?

Todos os Passos:

  1. Ao sair de casa com a malinha do bebê para a maternidade.
  2. A hora de ir para o centro cirúrgico.
  3. O beijo do papai se despedindo da barriga.
  4. O parto em si.
  5. A volta para casa.

Fotografando o nascimento: nesta hora precisa manter-se com discrição para fotografar (sugere-se fotos em preto e branco, pois disfarçam o sangue e evitam outras distrações do centro cirúrgico).

Foto: Tumblr

As expressões e beleza natural:

  1. O nervosismo do pai e familiares.
  2. O primeiro choro.
  3. O rostinho do bebê logo ao nascer (mesmo inchadinho).
  4. O primeiro olhar.
  5. O primeiro abraço.

O soninho: a maioria dos bebês faz “caras e bocas” quando dormem, momentos de pura doçura.

Na incubadora: não se pode esquecer de registrar esse primeiro momento fora da barriga.

Carinho a três: a família acaba de aumentar e fotografar os momentos de ternura entre pais e filho é de suma importância. Junte seus rostos com o do bebê e prepare um “x” bem lindo!

A equipe médica: vale a pena registrar uma foto dos médicos que realizaram o parto.

Confira 5 opções de fotos legais para se inspirar na hora de registrar o parto do seu bebê:

Foto: Lifeisbeautifulphoto

Foto: Lifeisbeautifulphoto

Foto: Happythoughtsstudio

Foto: Storify

Enfim, antes, durante e depois do nascimento, sempre será válido tirar muitas fotos. Procure melhores e inusitados ângulos e pense que cada emoção é um “clique” e uma “história” contada através de imagens.

Fonte do Site: http://www.gestacaobebe.com.br/nascimento/parto/dicas-para-fotografar-o-parto-corretamente/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s