Como combater o inchaço na gestação

O edema, mais conhecido como inchaço, de nada mais é, durante a gravidez, do que o resultado do aumento da circulação sanguínea no corpo da futura mamãe, aliado à retenção de líquido tradicional da gravidez.

As pernas e pés acabam se tornando os principais alvos desse inchaço porque o útero em constante crescimento pressiona veias e faz com que o sangue se acumule. A pressão do sangue e a gravidade levam água e sangue para os pés e tornozelos, resultando no incômodo inchaço.

Apesar dos transtornos causados, como dificuldades em calçar sapatos e dores localizadas, o edema é uma decorrência normal da gestação, se concentrado nos membros inferiores. 

Mas se o inchaço chegar a outras partes do corpo, como as mãos ou até mesmo o seu rosto, atenção: procure um médico imediatamente.

Foto: Woman.mhs

É possível melhorar o inchaço?

Sim, com algumas medidas simples o incômodo pode até não ser eliminado por completo, mas ao menos a redução pode ser grande.

– Aumente o volume e a frequência que você bebe água. Assim você irá urinar mais vezes e a retenção de líquido será menor.

Foto: wikihow

– Mantenha os pés elevados, seja quando estiver sentada ou deitada. Utilize bancos, cadeiras ou almofadas, quando estiver na cama ou no sofá.

– Principalmente no calor, meia-calça com compressão é um transtorno. Entretanto, ela é uma aliada imprescindível para evitar que o sangue fique acumulado no tornozelo.

– Alimente-se bem e evite o consumo de sal a todo custo. O sódio é o principal vilão para a retenção de líquido, por isso evite produtos industrializados, alimentos prontos e frituras. Dê preferência a alimentos frescos, como frutas, legumes e verduras.

– Não fique parada! Pratique exercícios de baixa intensidade, como caminhada ou hidroginástica. Pilates ou ioga também são boas pedidas, mas converse com seu médico antes de se lançar na empreitada.

Foto: wikihow

– Que tal uma massagem? Além de deliciosa, principalmente na gravidez, ela ajuda a melhorar a circulação do sangue, reduzindo o inchaço e promovendo uma sensação de bem-estar. No caso da drenagem linfática, além de consultar anteriormente seu médico é preciso ficar atento se o profissional é preparado para atender gestantes: algumas regiões não podem ser massageadas e você somente poderá iniciar as sessões após o final do primeiro trimestre de gestação.

– Existem cremes, loções e pomadas disponíveis no mercado que têm o objetivo de reduzir o inchaço. Mas atenção: evite produtos que utilizam cânfora em sua composição e não deixe de adotar as outras medidas.

Sozinho, um creme não faz milagres e isso pode botar em risco o bem-estar da sua gravidez.

Fonte do Site: http://www.gestacaobebe.com.br/gestacao/como-combater-o-inchaco-na-gestacao/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s